Um outro tempo…..

(*Esse texto foi publicado nas redes sociais do projeto @TodasNos, do qual faço parte como colaboradora convidada)

O dia tem 24 horas! Se você trabalha aproximadamente 8 horas e dorme outras aproximadamente 8 horas, restam ainda mais 8 horas. O que você tem feito com elas? Essa foi a pergunta que me fez uma amiga recentemente, e então, conclui…..

Ultimamente tenho trabalhado, no horário de dormir, tenho sido “professora” na hora de trabalhar. Tenho estudado na hora de relaxar. Tenho caminhado na hora de acordar. Tenho trabalhado na hora de cozinhar. Tenho cozinhado na hora de trabalhar. Tenho brincado na hora de fazer lição de casa. Tenho feito lição de casa na hora de trabalhar. Tenho ficado acordada na hora de descansar. Não tenho descansado! Enfim, tá tudo meio bagunçado e misturado! 

Algumas são as causas: essa pandemia sem fim, suporte integral para meu filho que está em alfabetização em um novo idioma com aulas on-line, a diferença de fuso horário do Azerbaijão – onde moro, com outros países que afetam os horários de trabalho e de estudos.
Enfim, muitas causas e muitas consequências….a principal delas: cansaço físico, mental e emocional! 

Meu maior desafio nesses TEMPOS tem sido o TEMPO…
Estou bem consciente de que, aquilo que eu realmente escolho fazer com o meu TEMPO define quais são as minhas reais prioridades! 

E haja consciência…a cada milissegundo uma decisão, uma escolha, uma prioridade! 

Mas como dar conta de tudo ao mesmo tempo, nesse único tempo? Fazendo escolhas!? 

É, mas mesmo fazendo escolhas, não é fácil! 

Meu maior medo? Me arrepender daquilo que estou escolhendo fazer e daquilo que estou deixando de fazer!

E no meio desse “mar de FAZERES e NÃO FAZERES” que me consomem, ainda prefiro ficar com os ensinamentos de Goethe:

“É o tempo de primeiro plano que nos tira o fôlego, há ainda um outro tempo que não se mede pelo relógio. Assim como o tempo de primeiro plano está associado à agitação e à pressa, a outra dimensão temporal, liga-se à calma. Não se aflijas. Eterna é a lei que rege o florir da rosa e do lírio.”

Prestar atenção nesse OUTRO TEMPO me ensina que as tarefas do dia devem ser executadas como deveres a serem cumpridos rigorosamente, mas por trás dessas está o amplo território das metas de trabalhos interiores, para cuja realização nenhum prazo nos aperta. Para as quais só temos a liberdade!” (Trecho retirado do livro de Bárbara Nordmeyer)

Os trabalhos interiores incessantes, me permitem fazer escolhas a cada milissegundo, mais conectadas com a minha vontade mais verdadeira.

No nosso tempo, “torna-se cada vez mais uma questão existencial, nos ligar interiormente ao eterno e tranquilo fluxo do tempo.” (Trecho retirado do livro de Bárbara Nordmeyer)

Porque é nesse TEMPO calmo que o essencial da vida acontece, precisamos estar atentos para perceber:

“Todos os gestos de vida autêntica são calmos, quase sem ruído. O por do sol, o lento acender das estrelas, o amadurecer das frutas, quase não percebemos. No entanto do retorno uniforme, calmo, confiável desses movimentos dos astros, depende a vida na Terra.” (Trecho retirado do livro de Bárbara Nordmeyer)

Um bom tempo calmo para todos nós !

Carla Merlina Gennari

Novembro 2020

Conheça o projeto Todas Nós no instagram @todasnosoficial ou no blog www.todasnosoficial.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *